sábado, 21 de janeiro de 2012

... e ninguém faz barulho...

Certa manhã, o meu pai, homem muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque que eu aceitei com prazer. 
Ele deteve-se numa clareira e depois de um pequeno silêncio perguntou-me:
- Além do cantar dos pássaros, estás ouvindo mais alguma coisa? 
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça. 
- Isso mesmo - disse o meu pai - é uma carroça vazia. 
Perguntei-lhe: 
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos? 
- Ora - respondeu-me ele - é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz. 
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando para intimidar, tratando o próximo com grossura, de forma imprópria, prepotente, interrompendo a conversa de todos e, querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: 'Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz'... 

INFELIZMENTE VEMOS QUE ESTÃO AS CARROÇAS VAZIAS, E NINGUÉM FAZ BARULHO...!

1 comentário:

edumanes disse...

Carroça vazia muito barulho faz,
Político que não presta
Sempre nos afasta da paz
E tenta nos enganar com a sua conversa.

O Indiozinho já voltou,
Para seu comentário escrever
Foi Indiazinha que chamou
Tinha saudades de me ver!

Bom domingo.
Um abraço